quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Folia de Rei

Fiz rainhas as mulheres que tive,
de reinado em terra, de prendas, rendas e amores.
Sim, as fiz rainhas!!!
Costurei nas linhas do cotidiano
lindos sonhos entre as quimeras da realidade.
Acalentei seus sonos, alimentei, ensinei e aprendi.
Poucas chegaram perto de minha realeza.
Algumas por desconfiança, outras por não conseguirem
algumas por medo, outras por que não permiti...
Das tardes de sol, das manhãs nubladas, fui parceiro,
fui honesto, fui leal mesmo em traição.
Escrevi canções, recitei poemas ao pé do ouvido,
entreguei o meu melhor e por muitas vezes errei,
mas ainda em erro soube pedir perdão.
Lamento em vão, realmente fiz rainha as mulheres que tive!
Respeitei seus defeitos, e as fiz encarar minhas imperfeições.
Paixões, desejos, amizades, eu transformei tudo em flor
e reguei com carinho o imenso jardim
Eu nunca soube fazer sexo, me criei fadado a dar amor
e fiz de cada toque transcendência.
Pra algumas dei minha ausência,
pois foi preciso, pra outras meus excessos...
muitas nem perceberam o quanto as amei,
mas no meu mundo continuo rei
e navego pela vida sereno em minha canoa
sentindo pena das que se mataram com o peso da coroa!

Um comentário:

Maria Helena disse...

Lindo Dani!

"Tudo de amor que existe em mim foi dado
Tudo que fala em mim de amor foi dito
Do nada em mim o amor fez o infinito..." (Vinicius de moraes)

Beijos